Academia de bairro nobre é autuada pelo Procon-MS por irregularidades nos planos

Uma academia de ginástica localizada em bairro nobre de Campo Grande, foi autuada pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) por irregularidades nos planos oferecidos. O estabelecimento foi denunciado por consumidores, que se sentiram confusos em relação ao consumo dos serviços.

Foram constatados três irregularidades na empresa, a primeira são as formas de pagamento, que variam de acordo com os planos. Um painel de propaganda, que fica na recepção da empresa, exibe os serviços disponíveis, mas não especifica as formas de pagamento.

Nesta academia, o pagamento mensal só pode ser realizado por cartões de crédito ou transferências bancárias. Segundo informações do Procon-MS, ao escolher este serviço, o cliente só era avisado na hora do pagamento que não seria aceito dinheiro em espécie, causando até mesmo constrangimento ao consumidor.

A empresa só aceitava pagamento em dinheiro caso o cliente fechasse um pacote de doze meses de contratação. Este plano configura exigência de vantagem excessiva, e é um caso de desobediência ao Código de Defesa do Consumidor.

Outra irregularidade encontrada na empresa é relacionada à uma promoção, que garantia a cobrança do valor de manutenção anual de certo plano após três meses, mas era cobrado em 60 dias. Este mesmo plano ofertava o primeiro mês de contratação como gratuito, entretanto em simulação no site da empresa o valor constava à ser pago.

A denúncia de irregularidades na conveniência foi realizada por meio da página “Fale conosco”, do site do órgão. Todo cidadão que se sentir prejudicado durante o consumo em algum estabelecimento deve denunciar para o Procon Estadual. Outras opções para denúncias são os telefones 151, número de WhatsApp (67) 9 9158-0888. O prédio do Procon, localizado na rua 13 de Junho 930, também recebe denúncias.


Crédito imagem: Foto: Divulgação/ Procon-MS

Crédito matéria: Dândara Genelhú