08/11/2018 - 16:29:00

Avan輟s na sade de Campo Grande s縊 adotados como exemplo por Organiza鈬o Internacional

T馗nicos da Organiza鈬o Pan-Americana de Sade (OPAS), bra輟 da Organiza鈬o Mundial de Sade (OMS), que est縊 em Campo Grande realizando uma visita t馗nica, estiveram reunidos nesta quinta-feira (08) com o prefeito Marquinhos Trad para apresentar as percep鋏es quanto funcionalidade das pr疸icas consideradas inovadoras adotas pela gest縊. Na avalia鈬o dos t馗nicos, a mudan軋 de modelo, priorizando o investimento, qualifica鈬o e fortalecimento da aten鈬o prim疵ia, devem ser reconhecido como exemplo a ser adotado por outros municpios.

O consultor t馗nico da OPAS/OMS, Antnio Ribas, explica que os avan輟s obtidos, em especia鈬o na aten鈬o prim疵ia de CampoIMG_3285Grande nos ltimos dois anos, chamou a aten鈬o da organiza鈬o, credenciando assim o Municpio a integrar o Laboratrio de Inova鈬o em APS-Forte, juntamente com as cidades de Porto Alegre, Teresina e Braslia (DF).

鼎ampo Grande nos chama a aten鈬o porque apresentou experi麩cias concretas e reais de fortalecimento da aten鈬o prim疵ia. E desta forma, observando todos estes avan輟s, o municpio se torna objeto de estudo. A partir das boas pr疸icas inseridas aqui possvel propagar tais experi麩cias, diz.

A metodologia de trabalho, implementada a partir do funcionamento da primeira Clnica da Famlia, no Bairro Nova Lima, tamb駑 chama a aten鈬o da organiza鈬o.

鄭 cidade tem v疵ios elementos de inova鈬o. Ns estamos fazendo uma primeira visita exploratria para conhecer um pouco mais. Estivemos em outros municpios. O que destaca bastante para gente ter um modelo de Clnica de Famlia, uma qualifica鈬o que n縊 s em termos de estrutura fsica e utiliza鈬o de novas tecnologias, mas sobretudo o investimento na forma鈬o do profissional. Esse modelo que utiliza o m騁odo de certifica鈬o para que os prprios profissionais possam buscar e serem estimuladas a trabalhar melhor pela popula鈬o uma coisa que chama bastante a aten鈬o, disse.

Conforme o consultor, para que o sistema de sade seja eficiente e que haja um bom cuidado com necess疵io que a aten鈬o prim疵ia esteja fortalecida.

哲s identificados que Campo Grande tem todas as virtudes e qualidades para ser exemplo de uma sade prim疵ia de qualidade, que vai muito al駑 somente das a鋏es de preven鈬o. Para se ter um cuidado completo preciso fazer mais investimento para qualificar a aten鈬o prim疵ia de modo que fa軋 que ela consiga dar conta de at 90% das necessidades de sade da popula鈬o, diminuindo assim a quantidade de pacientes encaminhados para os hospitais e unidades de urg麩cia e emerg麩cia, refor軋.

Desta forma as pessoas deixariam de ser atendidas em hospitais e unidades de urg麩cia para serem atendidas com qualidade na aten鈬o prim疵ia.

Na avalia鈬o do prefeito Marquinhos Trad a escolha de Campo Grande como integrante do Laboratrio de Inova鈬o da OPAS e aIMG_3315visita dos t馗nicos para conhecer as experi麩cia implementadas no municpio um reconhecimento do trabalho de reestrutura鈬o que vem sendo feito pela gest縊, com o objetivo de melhorar o atendimento prestado popula鈬o.

鄭 partir do momento em que uma organiza鈬o internacional como a OPAS e o prprio Minist駻io da Sade voltam os olhos para c e v麥 buscar exemplos, tenho certeza que estamos no caminhos certo e, consequentemente, nossa cidade se destaca. Por isso estamos felizes em receb-los e vamos, disse.

Segundo o prefeito, a estrat馮ia de fortalecimento da aten鈬o b疽ica continuar sendo priorizada com a inaugura鈬o de novas clnicas da famlia.

橡 uma mudan軋 de comportamento. Como eu disse um planejamento de m馘io a longo prazo. Antigamente as unidades eram construdas e se tinha os servidores, mas n縊 tinha a resolutividade. Ns estamos fazendo uma poltica de sustentabilidade fortalecendo a aten鈬o prim疵ia. Hoje o paciente que vai Clnica da Famlia n縊 vai mais a uma UPA porque s縊 bem atendidas l por profissionais que assimilaram a import穗cia deste trabalho. Esse um modelo que vem dando certo e at 2020 as sete regies urbanas da nossa cidade deve ter uma Clnica da Famlia em funcionamento, enfatiza.

IMG_3321

O secret疵io de Sade Marcelo Vilela lembra que houve um avan輟 na cobertura de Estrat馮ia de Sade da Famlia (ESF) passandode 30% para 60%.

摘m menos de dois anos ns conseguimos praticamente dobrar a cobertura da aten鈬o b疽ica, atrav駸 de um planejamento de priorizando o que preconiza o Minist駻io da Sade. A expectativa de que at 2020 a gente atinja pelo menos 70% de cobertura, frizou.

Para a coordenadora da mesa diretora da Conselho Municipal de Sade, Maria Auxiliadora Cordonez Vilhalba, Campo Grande ter sido escolhida para integrar o projeto da OPAS pode ser considerado uma vitria.

哲s enquanto controle social sempre lutamos para que houve um melhor reconhecimento na ponta. E estamos vendo Campo Grande junto com outras tr黌 capitais integrar esse projeto uma satisfa鈬o, porque est havendo o reconhecimento com o trabalho que vem sendo executado, finaliza.



Cr馘ito Mat駻ia: da Reda鈬o com Assessoria
Cr馘ito da imagem: Divulga鈬o Assessoria